O contato com a natureza deixa as pessoas mais felizes – Texto de Helaine Batista @helainebatista

Texto de Helaine Batista @helainebatista

mm

Mathew White, psicólogo ambiental, constatou que pessoas que vivem próximas a áreas verdes apresentam melhor saúde mental e são mais felizes. Ele é um dos responsáveis pela pesquisa realizada na Inglaterra pelo Centro Europeu para o Meio Ambiente & Saúde Humana. A pesquisa coletou dados de 12 mil pessoas, que passaram a viver próximas a parques, campos ou florestas. Em geral, essas pessoas, depois de alguns anos em contato com a natureza, apresentaram menos cansaço mental e eram mais satisfeitas consigo mesmas.

Se proximidade à natureza causa um bem-estar considerável que aumenta conforme o passar dos anos, uma outra pesquisa confirmou que gastar dinheiro com viagens traz mais felicidade e bem-estar do que bens materiais.

Thomas Gilovich, pesquisador da Universidade de Cornell, estudou a relação entre dinheiro e felicidade durante 20 anos. Depois das análises, ele concluiu que as emoções de pessoas que gastam o seu salário comprando coisas e os sentimentos de pessoas que investem o seu dinheiro em experiências são totalmente diferentes.

o-VIAJAR-facebook.jpg

Enquanto os que compram bens materiais têm uma felicidade momentânea, aqueles que preferem viajar e gastar com passeios, exposições e outros momentos só vêem a felicidade aumentar com o passar dos anos. Isso porque sempre que adquirimos algo novo, nos adaptamos rapidamente a esta novidade e, mesmo acreditando no contrário, as aquisições, novas ou velhas, estarão sempre distantes. Por outro lado, os eventos passam a fazer parte de nós, ajudando a moldar assim a nossa identidade.

Segundo o pesquisador, “Você pode até gostar de suas coisas e pensar que elas são parte de sua identidade. Mas elas continuam separadas fisicamente de você. Já as suas experiências são parte de você, você é a soma delas”.

E que tal juntar os dois? Existem vários lugares para os quais você pode viajar e estreitar o contato com a natureza e um deles é PENEDO, no Rio de Janeiro.

Lembrando que, por onde andarmos, é importante assumirmos uma postura de pertencimento, o que produz por si atitudes em prol do meio ambiente. Certamente, esta prática também nos reconecta e nos amplia o caminho para a felicidade que vem do significado e engajamento.

Confira o vídeo com o Psicólogo Mathew White no Vimeo (em inglês).

Texto de Helaine Batista @helainebatista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s