Mofo nunca mais! – Texto de Helaine Batista @helainebatista

Texto de Helaine Batista

Como estamos nos aproximando do frio (que pareceu gostar demais das férias!) resolvemos trazer à tona um bicho-papão que já esteve presente na vida de todos: O mofo. Separamos várias dicas para você se livrar de vez dele.

O mofo é um tipo de fungo que se reproduz em ambientes úmidos, com pouca ventilação e baixa incidência solar. Não significa que a sua casa esteja suja. Manchas escuras em paredes de cozinhas, banheiros e quartos podem ser sinais desse tipo de microorganismo que, além de produzir odor desagradável e danificar a aparência de superfícies, pode causar reações alérgicas e complicações respiratórias.

  1. Aproveite os dias de sol e abra as janelas

mofff

A umidade é intensificada com a falta de ventilação. Dê prioridade à circulação de ar na cozinha e no banheiro, que são os dois cômodos mais úmidos da casa. Além disso, aproveite para colocar as roupas mais pesadas e até mesmo as roupas de cama no sol sempre que puder.

  1. Móveis cheirosos, sem mofo e longe de umidade

A dica principal é deixar qualquer móvel a uma distância de 5 cm da parede para a livre circulação de ar. No caso de móveis embutidos, a indicação é impermeabilizar um dos dois lados da parede, caso alguma delas esteja em contato com ambiente úmido, como o banheiro. Não há a necessidade de repetir o processo nos dois lados. Você também pode usar isopor como isolante na parte de trás dos armários. Não os sobrecarreguem com muitas roupas e deixe a porta aberta ao menos uma vez por semana, durante um dia inteiro.

des.jpg

Além de deixar os ambientes ventilados por todo o dia e usar desumidificador elétrico nos quartos, você pode passar querosene perfumado nos móveis, um cuidado especial que permite proteção prolongada contra o mofo.

  1. Prevenção

Faça a manutenção preventiva de umidificadores, vaporizadores e aparelhos de ar-condicionado, inclusive do seu automóvel.

  1. Roupas

mof

Armazene-as sempre limpas e secas e evite borrifar perfume ou quaisquer substâncias líquidas sobre elas.

 

 

  1. Quando o mofo se instala

Em paredes já infectadas, limpe as manchas de mofo com água misturada à água sanitária. Utilize uma escova com cerdas mais fortes. Vinagre de álcool é bem-vindo. Separe todas as roupas manchadas e as coloque de molho no vinagre branco pelo período de 20 minutos. Caso observe que as manchas estão mais impregnadas, mergulhe a peça no vinagre e esfregue para que a sujeira solte do tecido. Deixe a roupa de molho e depois lave normalmente.

O tempo de permanência da mancha de mofo no tecido é que vai determinar se ela poderá ser eliminada ou não. As manchas com tons violetas, pretos e esverdeados geralmente são as mais antigas e mais impregnadas no tecido. Se este for o caso, repita a operação para a retirada do mofo. As repetições podem enfraquecer o tecido. Para não perder, é aconselhável o tingimento da peça.

Remover as manchas de mofo e bolor costuma ser mais difícil em tecidos de fibras naturais como algodão, linho, rami, juta e de fibras proteicas como lã e seda. Quando impregnadas em tecidos sintéticos como poliéster, poliamida e acrílico as manchas são mais fáceis de eliminar.

moffo

Atenção para esta “poção mágica” para roupa branca: água sanitária e açúcar. Misture os dois ingredientes e passe na parte mofada.

 

 

 

O que nunca deve ser feito?
Nunca tente remover a mancha de mofo e bolor lavando com água quente, pois isso vai cozer o tecido e fixar ainda mais a mancha. Você também nunca deve utilizar a solução de água sanitária se a roupa for de elastano, também conhecido por lycra, pois o cloro age agressivamente sobre este tipo de fibra e destrói a peça.  (Fonte: BBel Estilo de Vida)

Se no verão, estação mais quente e úmida do ano, aumenta o surgimento de mofo em ambientes externos e internos, no inverno, o número de ácaros e mofos tende a se multiplicar ainda mais por conta da umidade combinada com os ambientes escuros. Portanto, guarde nosso artigo. Ele pode vir a calhar  😉

*Para aprender a tirar mofo de tecidos coloridos, clique aqui.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s